X

Procurando Cursos Técnicos ou Cursos de Graduação?
PREENCHA O FORMULÁRIO QUE ENTRAMOS EM CONTATO COM VOCÊ!

Atendimento
Atendimento

Veja as últimas informações

12/12/2018

A profissão que mais cresce no país: cuidados de idosos

Uma ótima oportunidade, tanto para aquele que tem experiência na área da saúde quanto para aquele que busca o seu primeiro emprego, a ocupação de cuidador de idosos foi uma das que mais cresceu no país na última década.

Com base em dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) e da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), pesquisas revelam que o número de profissionais teve um aumento de 547% quando comparadas as vagas de emprego entre 2007 e 2017.

 

A necessidade de cuidadores

O ritmo de vida do brasileiro está cada vez mais acelerado assim como a expectativa de vida tem aumentado. 

Esses são os dois fatores que mais tem levado filhos e parentes de familiares idosos à procurarem alguém, qualificado o bastante, que possa acompanhar as atividades diárias de seu ente querido.

Quanto mais qualificação o cuidador possui, mais chances ele tem de ingressar e permanecer no mercado. 

Tarefas que pertencem a funções legalizadas como fisioterapia, fonoaudiologia ou geriatria não são conhecimentos obrigatórios que os cuidadores devam possuir, mas é bom que tenham a noção básica deles pois isso também se traduz como um diferencial.

Além disso, clínicas e agências que contratem esse tipo de profissional buscam cuidadores que procurem se manter atualizados quanto ao que acontece em relação ao seu trabalho.

 

A rotina de um cuidador

A higiene e os cuidados com a saúde física e mental do idoso são os principais pontos levados em conta na rotina de um cuidador. Segundo o Ministério da Saúde as tarefas são as seguintes:

  • Atuar como elo entra a pessoa cuidada, a família e a equipe de saúde;
  • Escutar, estar atento e ser solidário com a pessoa cuidada;
  • Ajudar nos cuidados de higiene;
  • Estimular e ajudar na alimentação;
  • Ajudar na locomoção e atividades físicas;
  • Estimular atividades de lazer e ocupacionais;
  • Realizar mudança de posição na cama e na cadeira, e massagem de conforto;
  • Administrar as medicações, conforme a prescrição e orientação da equipe de saúde;
  • Comunicar à equipe de saúde sobre mudanças no estado de saúde do paciente;
  • Estar presente e auxiliar em outras situações que se fizerem necessárias para a melhoria da qualidade de vida e recuperação da saúde do paciente.

 

Regulamentação da profissão

O projeto ainda não foi ao plenário, porém a comissão de assuntos sociais do Senado aprovou a profissão de cuidados de idosos, pessoas com deficiência e doenças raras.

A profissão é regulamentada no MEI (microempreendedor individual), assim existe a opção de o cuidador trabalhar para clínicas ou agências especializadas com a carteira assinada.

Como a profissão ainda não é regulamentada a carteira de trabalho é assinada como “doméstico”, quando o trabalho acontece em domicílio. O trabalhador não deixa de ganhar seus direitos trabalhistas.

 

Onde se matricular

A ETCR conta com diversos cursos técnicos que podem ajudar você a ingressar ou alavancar o seu perfil profissional no mercado de trabalho.

O curso de qualificação profissional Atendimento e Cuidados com idosos está com as vagas abertas: maiores de 18 anos que possuam o ensino médio completo podem se inscrever. 

A carga horária do curso possui 60h e instrui o aluno nos conhecimentos de como atender e cuidar e de idosos, garantindo ensino de qualidade ao que ingressa no mesmo.

Se você tem interesse em fazer o curso vem para a ETCR! O que você está esperando? Já estamos com as matrículas abertas

 

Para mais informações sobre os dias das aulas e o investimento a ser feito entre em contato pelo Messenger, WhatsApp 51 986.096.828 ou clicando aqui!

Sucesso, um forte abraço!